10 outubro 2008

GRAÇAS PELAS DIFERENÇAS




Obrigado ó Deus, por este corpo em bela harmonia.
Tantas células, tantos órgãos com tecidos diferentes
Estão sempre funcionando em uma perfeita sintonia,
Levando-me a pensar na convivência entre as gentes.



Te agradeço, teres me dado tantos entes diferentes,
E que naquelas diferenças em que tanto discordava,
Vi certos valores que em mim não estavam presentes
Estimulando-me a paciência de ouvir, pois só falava.



Sou grato por meu fracasso, em querer um só pensar.
Descobri que era só vaidade de uma mente obstinada.
Aquele ser que combatia, hoje vejo com outro olhar;
Não compreendia o outro, pois tinha visão obcecada.



Exatamente o contrário do que pensava aconteceu,
Pois aonde eu via covardia, já não vejo mais assim.
Via uma ação diabólica, mas eram os dedos de Deus,
Abrindo mais os meus olhos para ver dentro de mim.



Grato a Deus nestes versos, por todas as diferenças,
Se tudo fosse unanimidade, o diálogo não existiria,
Renovei o entendimento, e abandonei certas crenças:
De ver no outro um inimigo; julgando-o me defendia.


Versos por: Levi B. Santos
Guarabira,10 de Outubro de 2008

3 comentários:

Francivaldo Jacinto disse...

Prezado Levi,

Imaginemos nós se não existissem as diferenças. Se todos tivessem o mesmo ponto de vista, como seria?

Um abraço!

FJ

Thiago C. disse...

E ae Levi... o Blog continua muito legal, continue assim...

Deus te abençoe varão!

Thiago
www.gospelrio.blogspot.com

Leonardo G. Silva - BA.; Th.M. disse...

Olá Levi.

Te devo no mínimo um pedido de desculpas, por haver interpretado mal o que você escreveu no meu blog. A retratação aparece logo abaixo do seu último comentário no blog PULPITO CRISTÃO.

Parabéns pelo blog e pela qualidade dos textos. Vejo que posso aprender muito lendo seus textos impressos na folha de vidro.

Um abraço.

Leonardo G. Silva.