15 dezembro 2012

Papai Noel em Apuros





No começo desse mês teve início a Operação Papai Noel na cidade Maravilhosa e nos municípios circunvizinhos, que se estenderá até 6 de janeiro de 2013. Em todas as grandes cidades desse imenso Brasil haverá reforço especial na área de segurança, combatendo a criminalidade nesse período sagrado, em que a cristandade sai festivamente para as compras e para os “comes e bebes”.

O Jornal Gazeta de Caxias ― RJ diz que a operação terá, este ano, um incremento de 20% no efetivo de policiais militares em hora-extra, além de pedestais e viaturas para um atendimento mais efetivo na cobertura da área comercial da cidade nesse momento de maior volume de público e de vendas.

Apesar de todo o esforço dos poderes públicos, os Papais Noéis, estão amedrontados com os casos de violência contra Sua Majestade como, nos últimos anos, têm noticiados a televisão e os jornais.

O certo é que o maior personagem do Natal, a cada ano que se passa, continua a correr mais e mais perigo. Para avivar a nossa memória trago uma pequena amostra de casos inusitados ocorridos nos últimos cinco anos, divulgados pela imprensa:

Dezembro de 2007:

No complexo de Maré, no Rio de Janeiro, o helicóptero de Papai Noel foi atingido por dois tiros de fuzil numa tarde natalina de domingo. Sorte que ninguém se machucou. E o Papai Noel, depois do susto, pegou um taxi e foi bravamente distribuir seus presentes.

Novembro de 2007:

Foi por essa época em São Paulo e não na cidade Maravilhosa do Cristo Redentor, que a violência partiu de onde menos se imaginava: Um Papai Noel de Rio Claro – SP agrediu à coronhadas uma senhora de 71 anos para roubar R$ 5.000. A reportagem não refere a que igreja pertencia esse Papai Noel que assaltava, abertamente, seus fiéis seguidores.

Dezembro de 2011:

A Casa de Papai Noel de São João Batista, ― inaugurada no último sábado de dezembro de 2011, na Grande Florianópolis, foi arrombada de madrugada por quatro homens. Os ladrões furtaram três ursos de pelúcia, um boneco de papai Noel e enfeites de casa.

Abril de 2012:

Aos 52 de idade, um morador de Santos, no litoral de São Paulo realizou o sonho de ser Papai Noel pela primeira vez. Trabalhando em um dos principais shoppings da cidade, o técnico em informática Flávio Tourelli divide os momentos de alegria com os de emoção do dia a dia no trabalho, já que os pedidos das crianças costumam, muitas vezes, surpreender. Um pedido muito especial deixou Tourelli totalmente desconcertado: uma menina de apenas seis anos que pediu rim para a mãe, que está aguardando pelo transplante do órgão.

Outubro de 2012:

Rosa Teixeira trafegava pela rua Agostinho dos Santos, quando no cruzamento com a rua Glauber Rocha, foi atingida por um veículo Corcel II, que era conduzido por um Papai Noel candidato a vereador. A vítima foi levada para UPA II. O candidato Papai Noel não ficou ferido.

Setembro de 2012:

Foi numa sessão de quarta feira no salão nobre do STF, por ocasião do julgamento dos mensaleiros que o nome de Papai Noel foi ventilado pelo Juiz Joaquim Barbosa. Não havia crianças por perto quando o ministro, usando de ironia para reforçar sua tese de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, disse “que os envolvidos no mensalão só não saberiam da origem ilícita do dinheiro se acreditassem em Papai Noel.
Joaquim Barbosa foi duro. Ao desmentir publicamente a existência de Papai Noel, o ministro acabou por estragar a festa natalina de 2012 dos envolvidos na dilapidação do tesouro nacional. Pelas chaminés de suas belas mansões, muitos acreditam que, agora, não descerão mais presentes em nome de Papai Noel.

Agosto de 2012:

Parece incrível, mas no que diz respeito a Papai Noel, Lula, agora, se alinha ao ministro Barbosa. Em agosto de 2012, o ex-presidente disse em entrevista ao New York Times: Papai Noel nunca existiu. [ Leia aqui ]


Por Levi B. Santos
Guarabira, 15 de dezembro de 2012 

Site da Imagem: devastacao.wordpress.com

5 comentários:

Gilber†o Ângelo Begia†o disse...

Levi meu caro tem papai noel pra todo gosto ou desgosto rsrsrs

Quando minha filha descobriu que não existia papai noel ela disse:

Mas em um natal eu vi o papai noel voando em seu trenó rsrsrs

Neste dia meu irmão mais velho subiu o degrau de cima da minha casa e colocou o presente dela na árvore e desceu e gritou olhando pra janela o papai noel e ela chegou a ver.

Levi apesar de toda fantasia é um dia de magia e as crianças gostam.

Eduardo Medeiros disse...

Interessante esse apanhado de venturas e desventuras do "Bom Velhinho". Pelo que eu me lembre, desde muito pequinino minha mãe dizia: "Papai Noel" não existe, o Natal é de Jesus..."

Por isso nunca tive a ilusão de acreditar no Bom Velhinho. Por isso nunca o tenha visto(como a filhinha do Gil); mas eu acredita em Jesus mas também nunca o vi...

Mas como tem criança que acredita piamente no Papai Noel e por isso, o vê, assim muita gente que crê em Jesus já o viu!!!

Tem que crer pra ver...rssss

p.s A primeira vez que o Eduardinho viu um papai noel(ontem) ele não gostou nem um pouco. deve ter achado esquisito aquele cara de barba longa e com jaquetão vermelho. A mãe dele disse "olha papai noel, filho" e ele balançou a cabeça dizendo não e apontou para mim: " - Papaiê".

kkkkkkkkkkkk

Levi Bronzeado disse...

Gil

Nos tempos difíceis em que estamos vivendo é bom que, logo cedo, as criancinhas deixem logo essa fantasia de lado para compreender que vultosos presentes não caem do céu.

Só assim, quando se tornarem adultas, não irão aceitar, secretamente, presentes de Papai Noel à custa de dinheiro ilícito. (rsrs)

Levi Bronzeado disse...

EDU

O ex-presidente Lula, teve muita coragem. No País em que o Papai Noel é mais reverenciado, negou a sua existência, em entrevista ao “The New York Times”. Disse ele:

A existência de Papai Noel e do esquema de distribuição de presentes para deputados comportados da base aliada, nunca existiu (kkkkkkk)

Vide link: abaixo:

http://revistapiaui.estadao.com.br/blogs/herald/brasil/papai-noel-nunca-existiu-diz-lula-ao-new-york-times.

Com relação à reação do Eduardinho, as minhas duas netas também não dão nenhuma bola para os Papais Noéis dos Shoppings. Não demonstram a mínima alegria em tirar fotos nos braços deles.

Papai Noel pra elas é o avô aqui. A primeira neta, de 7 anos, já escolheu o tablet que quer ganhar de presente. (rsrs)

Edson Moura dos Santos disse...

Num natal de minha infância, Papai Noel escondeu o brinquedo. Prateado, brilhava no meio do mato. Um menininho de dez anos achou o presente. Era de ferro, com dose balas no pente...o fim de ano foi melhor pra muita gente.


Foi com essas palavras que deixei de acreditar em Papai Noel.

Abraços Levi meu mestre Bronzeado.