03 julho 2009

EXPLORAÇÃO DA FÉ ─ ATÉ QUE PONTO?



No tempo de minha meninice, era um leitor cativo do “Mensageiro da Paz” – jornal editado pela Casa Publicadora das Assembleias de Deus. Dentre os tópicos deste periódico, um me chamava mais atenção: era o da página de testemunhos de curas e milagres, que ainda hoje é ventilada, nesse mesmo jornal, de uma forma não extravagante.


Talvez aquele antigo desejo de ver maravilhas ainda esteja latente em meu inconsciente, pois hoje, ao assistir o Jornal Nacional ─ edição das 20 horas, sempre que posso, dou minhas passadas pelo canal da Band, que no seu horário nobre exibe o programa “show da fé”. A parte do programa que divulga curas e milagres por este canal de TV tem causado constrangimentos em toda blogosfera, e nem de longe se parece com os testemunhos simples e eletrizantes, que eu lia no jornal evangélico que circulava e ainda circula por todos os recantos do país, a cada quinzena.


Há pouco mais de três semanas, uma chamada desse programa na Band, me fez ficar de cabelo em pé. Poderia ter gravado o inusitado caso, mas na hora, a estupefação fez com que eu esquecesse esse importante detalhe.


Em suma, foi mais ou menos assim o grotesco acontecimento:


─ Meus amigos telespectadores! Daqui a pouco vocês vão ouvir um relato de um grandioso milagre. Deus recuperou instantaneamente a virgindade de uma nossa irmã. Ela está aqui presente, e vai contar tudo ─ diz o eufórico Pastor, esfregando uma mão na outra.


Pulei da “cadeira do papai” em que estava bem acomodado, e fiquei com os olhos arregalados, sem querer acreditar no que estava ouvindo.


O show da fé, nessa noite, foi muito longe no seu somatório de aberrações. Como médico, sei perfeitamente que a virgindade não é só representada pela higidez dessa frágil membrana do órgão sexual feminino. A perda da virgindade é muito mais do que a ruptura dessa simples estrutura anatômica. Se houve o ato sexual, ele se passou numa esfera psico-afetiva mais profunda, envolvendo, é claro, a consciência e a química cerebral do casal. É impossível negar, desfazer ou esquecer aquilo que foi realmente sentido ou vivenciado sexualmente. Recuperar a estrutura himenal não significa, de modo algum, dizer que a virgindade foi restabelecida.
Uma analogia, para melhor entender o que me parece óbvio : o fato de se zerar o indicador da quilometragem do carro usado, não significa que o mesmo se tornou zero km.


Esperei curioso o emblemático caso da recuperação da virgindade, tão bisonhamente alardeado. Tive asco quando ouvi o maior personagem do show falar:


─ Irmã, conte-me como foi essa tremenda cura, que lhe fez ficar virgem de novo! ─ disse ele dando os seus pulinhos e risadinhas características.


Quando vi a mulher, aparentando seus trinta anos, mais encabulada que alegre, com um jeito de quem estava ali sendo explorada de forma hedionda, a adrenalina me subiu, e fiquei altamente indignado.


A pobre irmã tinha se envolvido sexualmente antes de ser crente, mas agora estava a li a apregoar, diante de aplausos, que agora Deus tinha restabelecido a sua virgindade.


A que ponto a exploração da fé chegou. No tempo das minhas leituras dos milagres e curas do jornal Mensageiro da Paz, pelo menos, os grandes feitos da fé eram comprovados com fotos de atestados e radiografias fornecidos por entidades médicas. Tudo bem documentado.


Agora não, tudo se tornou tão banal, que de uma cura ou milagre não se exige mais comprovação científica. Os “predadores” do evangelho não se importam com isso, desde que as falsas curas encham os seus baús com o tesouro que a traça e a ferrugem comem. O Deus deles se mede pelo número de concentrações realizadas. Dizem: “hoje tem espetáculo às 9.00, 11.00, 15.00 e 20 horas”. Com promessas falsas e jargões de caráter apelativo, ludibriam muitas pessoas, as quais são levadas aos locais dos eventos (praças e avenidas), como bois que são conduzidos ao matadouro. Multidões, cada vez maiores, à procura de consolo, se deixam levar pelo ABSURDO das mensagens estapafúrdias e curas de mentira, sempre acompanhadas das costumeiras salvas de palmas para Jesus (digo, Zé Jus)


Acredito que esses vendedores de supostos milagres, caso não se arrependam, um dia, ouvirão Cristo dizer categoricamente:


“[...] Nunca vos conheci. Apartai-vos de mim vós que praticais a iniqüidade”. (Mateus 7 : 23)




Por: Levi B. Santos

Guarabira, 03 de julho de 2009

14 comentários:

Antonio Tadeu Ayres disse...

Caro amigo Levi:

Posso compreender perfeitamente a sua indignação, diante de um absurdo dessa natureza.

Sabemos que, dentre as chamadas "cirurgias plásticas íntimas", a de reconstrução himenal também é procurada; e não é difícil advinhar por que tipo de pacientes e com quais propósitos isso é feito.

Levando em conta que, muitas vezes, as motivações inconscientes de um homem são denunciadas pelas suas afirmações conscientes, nem ouso reproduzir aqui, as reais razões que podem levar um "evangelista" de TV, trazer a público um "milagre" dessa natureza.

Anda bem que a graça (assunto de seu post antecedente)é maravilhosa; e que "o amor de Cristo" (e não os falsos milagres)"nos constrange".

Graça e Paz!

Levi Bronzeado disse...

Prezado Antonio Tadeu

Só quem não tem o temor de Deus, é capaz de levar fatos dessa natureza, de forma sensacionalista para um canal de TV.

Nunca ví coisa tão deprimente em toda a minha vida de cristão.

O que esses condutores cegos precisam saber, é que "os ais de vós" de Cristo(Mateus 23), censurando os fariseus de sua época, continuam a ecoar hoje com redobrada intensidade.

"Serpentes,raça de víboras! Como escapareis da condenação do inferno?" - disse Cristo, dois mil anos atrás, ante situação menos estapafúrdia que a protagonizada por esse falso recauchutador "espiritual" de hímem.

São coisas desse tipo que nos levam a entender que o espírito do Anticristo já se faz presente em nosso meio.

É tempo de orar e vigiar. Estamos
perto do fim.


Levi B.Santos

Teóphilo disse...

Irmão!
Eu ando sumido por causa de alguns afazeres mais complicados, mas esse "milagre" me fez até aparecer para comentar!

Sinceramente eles conseguiram ir ainda mais fundo em um poço que eu imaginava já ter atingido o fim... mas acho que só vai terminar no inferno!

E o pior de tudo é que eu não duvido do milagre não... só acho que quem anda fazendo tais sinais e prodígios não garante a vida eterna, mas seduz para manter escravizados os que se maravilham com seus sinais!!

Desculpe a ausência!

O Senhor nosso Pai continue te protegendo e abençoando!

Jailson Freire disse...

Prezado Levi.
Tenho andado desanimado e aturdido com tantas coisas desse nível que tenho tomado conhecimento através da internet e tv.
Pra dizer a verdade, adoraria voltar a ser virgem na minha inocência, mas receio que depois que conheci a internet (o lugar em passo mais tempo que a TV) “só um milagre do show da fé” pode trazer a minha virgindade teológica auditiva e visual perdida por causa de sucessivos estrupos cometidos por gente como as que promovem este tipo de coisa no que tange a tantas heresias bestiais que tenho tomado conhecimento.
É claro que é uma ironia, mas que eu adoraria ser como uma criança diante de tanta loucura adoraria.
Mas me dou por satisfeito com o versículo que você colocou ao final do artigo.
Abçs.

"Deus existe!"

Levi Bronzeado disse...

Pois é meu caro Teóphilo

Reconstrução de HÍMEN, é o maior prodígio de mentira dos últimos tempos.

Em tudo isso, há uma triste realidade que não podemos negar: o Ibope desse horroroso programa "evangélico" vai às alturas. E isto é o que interessa à emissora e ao missionário.

Abçs,

Levi B.Santos

Anônimo disse...

Bem com essa terei que reformular um texto que coloquei no www.exejegues.blogspot.com. chamado quem e ele ! alem de ter a urina santa ainda recupera virgindade.

Pelo que estou vendo com todo o respeito queridos irmao só falta o povao ingerir fezes dessas filhos do inferno dizendo que é ungida

Miriã Soares disse...

Vergonha alheia!!!
Esse povo se torna cada vez mais ridiculo!

Levi Bronzeado disse...

Tens razão meu caro Jaílson.

Estes shows espetaculosos, realmente, são verdadeiros estupros realizados em cérebros frágeis.

E o pior, é que esse tipo de violência, é contra os menores de idade, isto é, contra os menos crescidos na fé.


Só a graça,
Levi B. Santos

Guiomar Barba disse...

Um mercenário desse deveria ser preso sem direito a visitas... Fico tão irada que diria a Jesus não queres mandar descer fogo do céu e consumir esse instrumento maligno?

Anônimo disse...

tem algum vídeo q possa provar esse absurdo que foi dito em tal programa?????

Sérgio A. Dias disse...

Um anônimo já perguntou, mas não custa perguntar de novo: o programa mostrou a "reconstituição" da "virgindade"?

Levi Bronzeado disse...

Ao Anônimo e Sérgio Dias


Esse bizarro e inédito acontecimento, creio eu, sairá ainda no Youtube. Aguardemos!

Isso é o cúmulo dos absurdos. A que ponto chega o marketing desse famigerado programa de falsos milagres.
Na verdade, o intuito da direção do programa é de unicamente arrecadar dinheiro dos que andam enlouquecidos à procura de milagres espetaculosos.

Esse negócio de virgindade recuperada é pura balela, pois foi tudo coisa ensaiada.
Ah cara de paus!!!

Ainda bem que Cristo nos alertou sobre esses falsos profetas que surgiriam no final dos tempos.

Só a graça,

Levi B.Santos

Venator disse...

Ainda bem que ainda existem evangelicos serios neste país. Evangelicos que combatem estes absurdos q acontecem na tv, nestas falsas igrejas de cristo q são verdadeiras seitas de arrecadação monetaria sem fins lucrativos. Estes televangelistas são verdadeiros exploradores dos mais incautos e da fé alheia, e lucram com a miseria do povo, prometendo uma salvação inexistente e uma falsa prosperidade. Parabéns ao verdadeiro povo evangelico aqui presente.

Alexandre Henriques disse...

Excelente texto. Sua visão crítica sobre os chamados “neo pentecostais” é cirúrgica. Desprovido de fé religiosa, não por opção, consigo divisar o que é fé sincera e embuste com muita facilidade. Respeito a fé sincera, desde os cultos monoteístas até os politeístas. A sinceridade com relação a religiosidade merece um profundo respeito. Ao imantar o seu texto com leveza e humor para falar de coisa séria, você além de cativar o leitor, traz à baila um assunto que é preocupante, qual seja, a invasão do território da mídia por falsos profetas e aproveitadores. Para usar uma linguagem bíblica, por “vendilhões do templo”. Impagável a sua analogia de virgindade devolvida por milagre e odômetro zerado mecanicamente. Houve um caso em Guarabira em que a tia de uma moçoila anunciou aos quatro cantos que a mandaria até para os Estados Unidos se fosse preciso, mas reconstituiria a virgindade tirada por um “safado” que a família julgou não ser digno delas (da moçoila e do seu hímen.) Se um dia for escrever essa história citarei a fonte da analogia.