10 abril 2009

“O PAI NOSSO” ─ MODELO EMPRESARIAL GOSPEL



Pai nosso, que estais nos céus,
Comercializado seja o vosso Nome.
Venha a nós muito dinheiro.
Seja feita a nossa vontade:
Mansões na terra e um lar no céu.




O milhão nosso de cada dia, nos dai hoje.
Perdoai as nossas dívidas,
Assim como nós as cobramos dos nossos devedores.
Não nos deixeis cair em nossas armações,
Mas livrai-nos do fiscal.




Porque este reino, e este poder,
São a nossa glória para sempre.
AMÉM.




Por Levi B. Santos
Guarabira, 10 de abril de 2009

9 comentários:

Leonardo disse...

Meu caro Levi,

Muito boa postagem! Gostaria muito de postá-la no Púlpito Cristão (obviamente com os devidos créditos).

Paz e bem!

Leonardo G. Silva
www.pulpitocristao.com

Yehudith Zeituni disse...

Caro Levi,

Ficou muito interessante sua postagem e infelizmente muito real em nossos dias. Fico pensando como Jesus esta se sentindo vendo essa realidade! Shalom!

Yehudith.

Levi Bronzeado disse...

Olá, Leonardo

Você já tem há meses, a autorização minha para republicar postagens daqui do "Ensaios & Prosas".

Acessei o seu blog, pensando eencontrar no cabeçalho do "Pai Nosso" a foto de algum grande empresário gospel de óculos escuros.
Para surpresa minha, encontrei tudo em branco. (rsrsrsrs)

Abçs fraternais

Levi B. Santos

Levi Bronzeado disse...

Prezada Yehudith

O "Ensaios & Prosas" sentiu a falta de seus comentários enriquecedores. Mas tudo bem, você está de volta.

Quanto a sátira "O Pai Nosso Empresarial": é triste, mas é a realidade. Cristo, tem se se tornado, cada vez mais, um produto a ser adquirido.

A maioria dos pregadores gospel, quando olha para o céu, o vê como a foto do texto postado(muitos dólares caindo do alto).
A maior bênção para eles é a prosperidade econômica, que o "evangeliquês" proporciona.

Saudações fraternais,

Levi B. Santos

Luis Paulo Silva disse...

Irmão Levi,

Belo texto, até seria mais engraçado se essa não fosse realmente a situação de muitos líderes da atualidade.

Espero sua visita no Despertai.

Em Cristo,

Luis Paulo Silva.

P.S.: Adicionei o seu blog àquela lista que aparece as atualizações dos prediletos. Paz!

Teóphilo Noturno disse...

A cada dia nos deparamos com mais e mais "líderes" que repetem essa mesma oração.

Quando ainda trabalhava com o "ministério de informática" da igreja onde congreguei por mais de 30 anos, descobri que o pastor era reembolsado "por fora" de todos os descontos relativos a impostos!
Pode uma igreja que busca servir ao Deus bíblico ter um "caixa 2"?

Acho que depois disso, aceitar o pragmatismo das igrejas com propósitos ficou bastante fácil, pois a corrupção da liderança só aumenta a sede pela gordura das ovelhas.

Desculpe o "sumiço", mas tenho andado bastante atarefado com uma reforma residencial, mas sempre que posso e antes de ser abatido pelo cansaço dou uma olhadinha por aqui, pois admiro seu temor a nosso Deus e seu estilo literário também!

Um fraternal abraço e que o Senhor nosso Deus continue te protegendo e abençoando!

Marcelo e Eunice disse...

muito bom

pena k não é mentirinha

abraço

Marcelo & Eunice

Caminhando na GRaça, de graça!

JÚNIOR ALCÂNTARA disse...

Caro Levi.

Recebi "sua" versão do Pai Nosso de um amigo e resolvi pesquisar na internet seu nome e, felizmente, achei o teu blog.
Esse "Pai Nosso" é a pura realidade, infelizmente. O Reino de Deus foi posto de lado e o reino dos homens foi inaugurado.
Lamentavelmente parece não existir diferença entre mundo e igreja, mas estou certo de que há joelhos que não se prostaram, há ainda um remanescente que zela pela essência de Deus e esses serão os intrumentos de Deus nesta Terra.
Um forte abraço.

Júnior, seu conservo.

Donizete disse...

Levi,
Fantástico esta versão capitalista da oração. Permita-me postá-lo no meu blog. É lógico, com os devidos créditos à sua autoria.
Um abraço.