06 março 2009

DEZ REGRAS PRÁTICAS DO "AVIVAMENTO GOSPEL"


1.Ficar sempre atento à programação midiática gospel dos meios de comunicação, a fim de não faltar aos shows e congressos de avivamentos “inspirituais” programados em seu Estado. Se possível freqüente essas seções diariamente. Quanto ao estudo da Palavra, basta apenas aquela horinha na escola bíblica dominical.

2.Não quebre a cabeça com estudos bíblicos demasiados longos, principalmente àqueles que exigem uma infinidade de obras para consultar, como livros de História, de Geografia, de Filosofia Cristã, de Teologia e outras “gias”, além de enciclopédias e dicionários. Nas livrarias gospel você já encontra tudo mastigadinho para o seu crescimento espiritual, sem necessidade de forçar a mente. Lá você pode adquirir pacotes de “pague 3 e leve 4”.

3.Se tiver que decidir entre um “show de avivamento” e uma reunião de estudo bíblico, não vacile escolha o primeiro. Afinal, a nossa vida aqui é tão curta, e esse negócio de estudo pode prejudicar a saúde mental, principalmente daqueles que já ultrapassaram os 45 anos.. Veja e compare: aqueles que saem dos retetés de avivamento apresentam-se alegres e de faces radiantes, enquanto aqueles que saem do estudo das Escrituras Sagradas apresentam-se cabisbaixos, apáticos e com cenhos franzidos, como se tivessem acabado de assistir a uma sessão de tortura.

4.Nos grandes congressos e festas gospel use ao máximo, o som esfuziante das bandas de forró, axé e frevo. Não deixe a multidão “paradona”. Incentive as palmas, os gritos dos bordões evangeliquês, os pula-pulas, os cai-cai, etc.

5.Se você é o preletor oficial, nunca deixe de suar a camisa, e se possível o paletó. Nunca deixe de imprimir aquele vozeirão dramático e tonitruante. Se a platéia se mostrar fria, exerça os seus dons teatrais, como pulos, cambalhotas, sapateados e lançamentos de bíblias ou lenços, que você tão bem ensaiou.

6.Não deixe de comprar em nossas livrarias, os famosos livros de marketing sobre pregações para multidões, como os recentemente publicados: “Como Inflamar as Multidões” ─ de Flamarion Nazareno; e o best-seller: "Cem Conselhos para Incendiar as Igrejas"─ de Pinto Sette e Caio Botafogo.

7.Os organizadores dos shows de avivamento gospel, não podem em hipótese alguma, reservar muito tempo para a exposição da Palavra de Deus. Os sermões longos causam enfado e deixam as multidões sonolentas.

8. É patente e notório que, se você quiser ganhar um maior número de almas para seu rebanho, deverá pregar mais sobre Apocalipse, enfatizando com cores fortes, o terror do fim do mundo e do inferno. As pessoas temem muito o castigo final, e consequentemente, vão procurar ligeirinho, uma igreja para se congregar.

9. Não esqueça o que preconiza o marketing da “Hora do Apelo”. O mesmo deve ser executado com muito esmero. Intensa e solene dramatização, ao som de “corinhos” e de uma suave e crescente pressão dos auxiliares junto ao assustado pecador, para que “livremente”, ele se dirija ao púlpito, a fim de ser contabilizado para a honra e glória do pregador.

10.Após o término dos shows, todos deverão procurar as nossas barracas de cds, vídeos, camisetas, revistas, sandálias, toalhas, pratos, chaveiros, bolsas e bonés com versículos bíblicos e emblemas judaico-cristãos, a fim de adquirir um ou mais objetos para se guardar como recordação. OBSERVAÇÃO: levem sempre algum dinheiro na carteira, pois não aceitamos cheques ou cartões de crédito.



Por: Levi B. Santos
Guarabira,06 de março de 2009

17 comentários:

Teóphilo Noturno disse...

É muito bom não ser o único a perceber tais coisas...
é uma pena saber que tais comportamentos só irão se multiplicar e piorar daqui para frente.

O Senhor está próximo!!!

Coloquei mais duas partes do documentário que estou legendando:

http://teophilo.blogspot.com/2009/03/os-mecanismos-malignos-partes-03-e-04.html

Um abraço!

Allan Ferreira disse...

Prezado Levi,

Saudações!

Estou acompanhando seu blog, e gostaria se possível que desse uma passada no meu.

Reflexão muito coerente, haja vista a catastrófica e avassaladora onda "gospel" que está ardilosamente já algum tempo intronizando - se nas Igrejas evangélicas...

Deus nos ajude!


ministerioallanferreira.blogspot.com

Leonardo Gonçalves disse...

Paz Levi,

Que bicho te mordeu? rs... Vc voltou com a corda toda mesmo, hein? Parabéns pelo texto. Muito interessante, e infelizmente é verdadeiro.

Não estou tendo tempo para editar meu blog, pois estou com visitas em casa. São missionários da Paraíba (João Pessoa) que estão hospedados aqui em casa. Creio que volto à atividade dentro de uma semana.

Abraço fraterno,

Leonardo.

evangelhosemmistura disse...

Paz Levi.

Vi seu texto la no blog do Leonardo e vim aqui conferir,parabens pelo texto,e pelo blog,coisa de cabeceira mesmo,muito bom.

Deus abencoe.

claudio pimenta disse...

Parabens pelo blog e pelos textos sao realmente incisivos ,precisos feito o corte de um bisturi nas maos de um habil cirurgiao
Obrigado pela visita ao exejegues estou ainda aprendendo esse negocio de blog mas gostei
Espero que nao se importe de eu copiar uns textos de sua autoria pois realmente sao de primeira
atenciosamente

claudio pimenta o homem das exejegues

www.exejegues.blogspot.com

Levi Bronzeado disse...

Prezados irmãos Teóphilo,Allan,Leonardo,Marcos e Claudio Pimenta

Este fenômeno grotesco, é aquilo que na psicopatologia nós denominamos de "síndrome de regressão infantil", em que a pessoa pula, brinca de roda, grita, gagueja e faz caretas. Portanto, nem uma dessas estripulias do "avivamernto gospel" tem caráter Divino ou transcendente.

P.S: Caro Claudio Pimenta, fique a vontade para republicar em seu blog, artigos do "Ensaios & Prosas". Que essa divulgação contribua de forma benéfica na expansão do evangelho autêntico.

Cordialmente,
Levi B. Santos

João Paulo Fernandes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Paulo Fernandes disse...

Adorei o seu texto. É bonito, elucidativo, inteligente e engraçado. Infelizmente isso representa a atual onda "evangélica" que envergonha os verdadeiros discipulos de Jesus Cristo.
Peço sua autorização para postar o texto no meu blog e ficarei lisonjeado se continuar nos acompanhando. Naquele que se entristece com isso tudo e que fará justiça.

João Paulo

Levi Bronzeado disse...

Caro João Paulo

Agradeço o seu comentário, assim como o seu incentivo. Fique a vontade para republicar textos do " Ensaios & Prosas" em seu blog. Que essa divulgação seja em benefício do autêntico evangelho. Ficarei acompanhando o seu "cantinho" no google.

Um abraço fraternal,
Levi B. Santos

Vanessa Dutra disse...

Paz do Senhor!

Muito bom o texto, e muito divertido também!

Deus abençoe!

Luis Paulo Silva disse...

Irmão Levi,

Agora estou com pouco tempo para postar e também para acompanhar os meus blogs favoritos, mas sempre passo por aqui para ver as novas.

Não sei se já está adicionado a algum item mas seria bom dar uma ênfase às frases de efeito que são muito importantes para "impactar" as vidas com uma "unção profética" ou "apostólica" de "retituição", do tipo "sete vezes maaaaais pra sua vidaaa".

Um forte abraço e fique na paz do Senhor.

Luis Paulo Silva.

Wesley Rezende disse...

Prezado Levi,

A paz do Senhor Jesus!

Gostei muito dessa crítica, a ironia está bem humorada. Parabéns pelo texto!

Obs.: Republiquei em meu blog.

Forte abraço!

Wesley Rezende

Levi Bronzeado disse...

Prezado Wesley Rezende

Sinto-me gratificado pelo seu comentário, e pela divulgação desse ensaio-crítico aí na grande Uberlândia.

Que tudo concorra para o benefício do autêntico evangelho de Cristo, que infelizmente, está sendo ultrajado pela onda gospel de atrativos efêmeros -, que nada tem a ver com espiritualidade.

Saudações fraternais,

Levi B. Santos

Walmir disse...

Caro irmão Levi,
Infelizmente é real. Graças a Deus por tão grande número de bloguistas,trazendo tão boa quantidade de denúncias de abusos do "povo evangélico". Queria acrescentar, que também existem frases de efeito como, "Dá ou desce" e também "vai arrebentar". Isso pode ajudar em muito na expansão do reino e no avivamento da nossa fé. Ser anátema, talvez seja a melhor forma de combater esse mal. Recomendo também,a volta imediata à Palavra de Deus.
Rev.Walmir Alves - pastor presbiteriano

Levi Bronzeado disse...

Prezado Pastor Walmir

Agradeço a sua passagem por esse recanto, assim como pelo estímulo que o senhor nos transmitiu, ao se situar contra esse sincretismo religioso que não tem nada a ver com Cristo.

Um abraço fraternal,

Levi B.Santos

Anônimo disse...

Excelente texto e de grande ensinamento para os dias atuais. Deus abençoe

bibliagif disse...

Deus abençõe o irmão! Muito oportuno este texto