31 dezembro 2010

Feliz 2011 — O Que é O Que é...



A vida continua meu irmão(ã), amigo(a) e leitor(a) que me aturou por todo o decorrer de 2010.

Espero continuar ao seu lado como um eterno APRENDIZ

Um feliz 2011

Essa poesia do saudoso Gonzaguinha foi o que encontrei de melhor para o seu réveillon:



E a vida?
e a vida o que é diga lá, meu irmão?
ela é batida de um coração?
ela é uma doce ilusão?
mas e a vida?
ela é maravilha ou é sofrimento?
ela é alegria ou lamento?
o que é, o que é, meu irmão?

Há quem fale que a vida da gente
é um nada no mundo
é uma gota, é um tempo
que nem dá um segundo
há quem fale que é um divino
mistério profundo
é o sopro do criador
numa atitude repleta de amor
você diz que é luta e prazer
ele diz que a vida é viver
ela diz que melhor é morrer
pois amada não é
e o verbo é sofrer

Eu só sei que confio na moça
e na moça ponho a força da fé
somos nós que fazemos a vida
como der ou puder ou quiser

Sempre desejada
por mais que esteja errada
ninguém quer a morte
só saúde e sorte

E a pergunta roda
e a cabeça agita
fico com a pureza da resposta das crianças
e a vida, é bonita e é bonita

Viver, e não ter a vergonha de ser feliz
cantar (e cantar e cantar) a beleza de ser um eterno aprendiz
eu sei que a vida devia ser bem melhor e será
mais isso não impede que eu repita
é bonita, é bonita e é bonita.




Guarabira, 31 de dezembro de 2010

8 comentários:

Eduardo Medeiros disse...

um grande abraço, amigo levi, foi muito bom passar mais uma ano nesse nosso caminho do pensamento, da crítica, da espiritualidade e acima de tudo, da vida, que com certeza, apesar de tudo e antes de tudo, é bonita, é bonita e é bonita!

J.Lima disse...

Meu querido amigo Levi.
Grato por sua companhia e de todos os amigos da confraria.
Foi um ano excelente e de muito aprendizado para min!
Desejo a você e todos os amigos um 2011 de muitas realizações.
Abraço.

J.Lima disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
noreda disse...

Leví meu mestre Bronzeado, obrigado por mais um ano de companhia (ôh palavrinha difícil de escrever, nem sei se está certo, rsss).

Quem diria que nós ainda manteríamos contato por mais de um ano.

Aprendi muito com você meu amigo, e este ano foi um presente da existência para este jovem rapaz que lhe escreve.

Nunca lhe disse, mas acho que os amigos que consegui por aqui, são a mais perfeita representação de Deus, eu explico:

Muitas vezes ouvi a pergunta: Se não podes amar seu irmão a quem vê, como podes dizer que ama a Deus a quem não vê?

Daí concluí que vocês só podem ser Deus, pois os amo mesmo sem conhecê-los.

Obrigado por fazer parte de nossas vidas meu velho.

Paulinha disse...

Meu querido amigo Mestre Levi,

Um grande beijo...muito obrigada por fazer parte da minha vida...

Agradeço a Deus todos os dias por ter me concedido a oportunidade de conhecer estes meus amigos da CPFG.

Que vida maravilhosa, quando se tem pessoas maravilhosas ao nosso redor!!

Obrigada querido por nos ensinar todos os dias com sua maestria e sabedoria!

E 2011 estaremos aqui...não me abandone!! rss

luiz disse...

Caro amigo,poeta,contista e ensaista Levi,que um dia tive a grata satisfação de desfrutar de sua amizade e sapiencia na nossa lida diária como médico.Hoje, desfruto do prazer de ler suas prosas e poesia,como a degustar um saboroso vinho,colhido das melhores videiras.Muito bom tê-lo como amigo mesmo a distancia e compartilhar desse seu trabalho. Feliz 2011. Um grande abraço.
LUiz Alberto. Bananeiras PB.

Levi Bronzeado disse...

Eduardo, J. Lima, Velho Noreda, e Paulinha

Vocês, são a razão maior da existência do "Ensaios & Prosas".

Que o forte vínculo de amizade fraterna entre nós, continue durante o ano de 2011 (e por séculos e séculos, Amém.) - rsrsrs

Levi Bronzeado disse...

Caro colega e amigo Lula

Foi para mim uma grata surpresa, a sua visita ao meu recanto do Google. Espero contar com seus lúcidos comentários aos textos por mim postados, no decorrer do ano que se inicia.

Um feliz 2011 para você, Célia e filhos, aí na aprazível serra da Petrópolis do brejo paraibano.

Ainda mantenho acesa a esperança de um dia tomarmos um delicioso vinho, juntos. (rsrsrs)

Um grande abraço,

Levi B. Santos e família.