28 dezembro 2010

2011: Vão Mudar a Cobertura do Bolo de Novo?!

Há exatamente um ano, estava eu aqui escrevendo sobre o deus “Janus”, que na mitologia romana tem duas faces: uma olhando para frente (futuro) e outra voltada para trás (passado).
No momento atual de nossa conjuntura política, esse ser divino de duas cabeças em um só corpo nunca esteve tão bem representado. O deus Janus seria simbolizado pelo Criador(Lula) e a Criatura(Dilma). Enquanto um saudosamente olha para 2010, a outra figura tem os olhos na direção de um 2011 incerto. (Paz no futuro e glória no passado...)

Aqui, nas terras de D. João VI, o deus de uma face já degustada e de outra a ser provada no futuro, parece funcionar como um bolo cujo farto e saboroso miolo já se sabe previamente a quem pertence. A única novidade reservada aos súditos, é se satisfazer com as migalhas da colorida e belíssima cobertura que, a cada ano, caem da mesa do rei e seus parceiros. (És belo, és forte, impávido colosso...)

“Nas olimpíadas de 2009, a Política juntou-se à Religião para disputar a medalha de ouro da principal competição, denominada corrupção. Ganhou de modo quase unânime a “Oração da Propina” dos políticos evangélicos de Brasília. A cobertura desse bolo foi uma das mais indigestas já vistas: servos do senhor altíssimo pediram a bênção de Deus para que Ele ocultasse das vistas dos inimigos o produto do roubo escandaloso, do qual esse mesmo 'Deus' ganharia o dízimo para aplicar nas obras em prol das pobres almas perdidas no lamaçal do pecado”. (Terra adorada, entre outros mil...)

De longe, o ato mais vergonhoso de 2010, foi realizado nos estertores desse mês de dezembro, quando os deputados e senadores outorgaram a si mesmos, um dos maiores aumentos de salários da história do país: 61% — o equivalente a dez vezes o índice de 5,9% que eles adotaram para atualizar o salário mínimo em 2011. (Se o penhor dessa igualdade, conseguimos conquistar com braço forte...)

Cantemos com orgulho o hino nacional, pois o nosso país ganhou duas valorosas medalhas de ouro nesse ano que está se findando.

A primeira medalha: foi destinada aos políticos brasileiros que agora são detentores dos maiores salários entre todos os países do mundo; o EUA ficou na rabeira, num modesto quarto lugar. (E o teu futuro espelha essa grandeza...)

A segunda medalha: esta, já era esperada por todos os brasileiros — pela terceira vez consecutiva ganhamos o ouro no “Índice de percepção de Corrupção”, ao vencermos a Itália por dois décimos de diferença. (salve lindo pendão da esperança...)

No dia 31 de dezembro de 2010 o palco do grande teatro chamado Brasil fecha as suas cortinas depois de oito anos de apresentação do espetáculo “Nunca Antes na História Desse País”, tendo como personagem principal, o imperador Lula. Sai do palco o Sr. “bolsa família”, para a entrada de uma face feminina junto com as esperanças de uma plateia ávida por um país mais justo e menos corrupto. (Teus risonhos campos têm mais...)

Estremeço de medo, só em pensar que o deus “Janus” nunca sairá do trono. Ele continuará reinando eternamente, tanto através de sua face masculina bonachona e risível voltada para o passado, como através da estreante face feminina de uma bondosa mãe, olhando para o futuro. (dos filhos deste solo és mãe, gentil...)

Um lembrete ao leitor amigo: Ao que parece a face feminina do deus JANUS que olha para 2011, deverá obedecer ao mesmo centro, ou seja, ao comando do mesmo cérebro dos anos anteriores”. Quem viver, verá... (Ó Pátria amada idolatrada. Salve! Salve!)

Contudo, nunca vou deixar de sonhar: Tenham todos, um venturoso ANO NOVO (Nossos bosques têm mais vida ?...)


Imagem (1): paulotakahashi.blogspot.com

Imagem(2): Deus Janus


Guarabira, 28 de dezembro de 2010

7 comentários:

Eduardo Medeiros disse...

levi, triste essa sua restrospectiva das vergonhas nacionais e acertada a sua análise do que virá com o lula de saias. mas eu fico cá me perguntando: até quando a dilma vai dizer "sim' para o lula?? creio que um rompimento também será inevitável um dia até mesmo pelo temperamento dela, não acha?

noreda disse...

Levi meu mestre Bronzeado, já ví críticas de todos os tipos ao governo Lula, mas este seu artigo deveria estar circulando em rede Nacional.

Nem Arnaldo Jabor, que sou fã, teria feito melhor.

Você, mais uma vez está coberto de razão, (e olha que eu votei na Dilma).

Outro dia eu perguntei ao meu patrão, que é austríaco e "tucano", se ele estaria torcendo para que a Dilma "cagasse no pau", só para ele poder tripudiar depois. Mas ele me desapontou e disse que queria o melhor para o Brasil, pois era daqui que ele tirava o seu sustento, seja governado por PT ou PMDB.

Então faço-lhe a mesma pergunta Levi:

Estás torcendo "inconscientemente" para que o governo Dilma seja um fracasso, ou o barco chamado Brasil poderá contar com sua expectativa de sucesso pra 2011?

Abraços meu mestre.

Eduardo Medeiros disse...

levi e noreda: aí é que está o mistério da coisa...apesar das estripulias de lula, o governo lula não foi ruim, em nada ficou devendo ao governo tucano em minha opinião já que tiveram a lucidez de pelo menos manter a macroeconomia no caminho que vinha dando certo.

torço muito pela dilma apesar de não ter votado nela. quero que ela faça o melhor governo, um governo do qual ela possa dizer "nunca antes na história desse pais..." kkkkkk brincadeira, mas torço mesmo.

eu torcia pelo brasil até quando collor e sarney governaram, por que iria torcer contra a dilma que apesar de tudo está fazendo história como a primeira mulher a chegar onde ela chegou?

noreda disse...

Caramba Edu, eu fiz a pergunta para o mestre e você já responde? Que saco! Não vê que seu comentário vai influenciar a resposta do Levi?

Agora já era, estragou tudo..muito obrigado senhor Eduardo!

Abraços!(RISOS)

Levi Bronzeado disse...

Noreda e Eduardo

Ao ver jovens alegres, cheios de ufania, batendo no peito e gritando ─ “Dilma, a esperança”, me refaço, me recomponho, procurando não deixar transparecer o desânimo e a decepção que me persegue.

O assalto ao tesouro público perpetrado recentemente pelos deputados e senadores que se auto-aumentaram em mais de 6O% (O EQUIVALENTE A INFLAÇÃO DE DEZ ANOS) está sendo motivo de piada em todo o mundo. Isso é só o começo de uma generalização de aumentos em cascata que, com certeza, vem por aí.

Os adeptos do ganho fácil da ciranda financeira estão torcendo “como nunca antes na história desse país”, pela volta da senhora inflação.

Os cara-de-paus do congresso, já deram a largada...

Fico com De Gaulle: “O Brasil não é um país sério”.

Eduardo Medeiros disse...

é levi, não dá para refutar tua observação. que de guaulle nos proteja.

Gresder Sil disse...

Levi li eu artigo como se estivesse lendo um hino mesmo, é apoteótica a sua descrição!

Estou indo para o litoral agora, tchau! tchau! Semana que vem se tudo der certo voltaremos a funcionar normalmente rsrs

Fiquem com Deus, não o Janus, mas o grande Desconhecido.